Laranjinhas de cenoura


1 kg de cenoura cozida e escorrida

1 kg de açúcar

Raspa de 4 laranjas

Coze-se a cenoura com a raspa da laranja

(sem a parte branca) e escorre-se bem deixando-a num passador ou pano de cozinha durante algumas horas

(ou mesmo de um dia para o outro).

Quando estiver bem escorrida, pesa-se e passa-se com a varinha mágica ou na bimby.

Leva-se a lume brando com o mesmo peso de açúcar mexendo de vez em quando

(ou lume forte se puder estar sempre a mexer).

Quando estiver consistente, retire uma colher de sopa para um prato e deixe arrefecer. Se a consistência permitir a formação de bolinhas, retire o tacho do fogão e deixe arrefecer (destapado).

Depois de fria, forme bolinhas com a massa e passe-as por açúcar, colocando então em forminhas de papel. Decore com uma folhinha de laranjeira ou hortelã.

Nota:

Tradicionalmente, estas laranjinhas eram secas ao sol, depois de formadas as bolinhas, virando-as de vez em quando, para que por toda a superfície se criasse uma crosta. Desta forma, podiam guardar-se durante vários meses e iam-se comendo como guloseima. Também por isso, têm uma grande quantidade de açúcar. Se a ideia for consumir em poucos dias, pode roubar-se um pouco ao peso do açúcar.


71 visualizações

© 2016 PEDE SALSA.